vídeo subalterno | pt_br

CONCEITO > VIDEO PERIFERICO_

“LES TERRA’S DI NADIE”, “as terras de ninguém” em 5 línguas e em uma frase só (francês, português, inglês, italiano e espanhol) é um não-lugar onde a opressão impera. As palavras do poeta chileno Antonio Arévalo fundem 11 de setembro 1973 no Chile e 31 de março 1964 no Brasil. Os extratos de memória, e de imagens originais atravessam o tempo, adicionando, sobrepondo, sugerindo e convergendo numa só história. Uma oportunidade para reviver por poucos minutos os sentimentos, uma das páginas mais difíceis e obscuras da História da América Latina.

VIDEO PERIFÉRICO_ ENTRE MEMORIA E IDENTIDADE "Les terra' s di nadie" é um vídeo que tem como foco um duplo conceito: o da história e o da língua. De um lado a produção e a manipulação das imagens captadas da realidade em contextos sociais de transição, no Chile 1973 e no Brasil 1964-68. O conceito da percepção política, de fronteira, de memória pública, de história oficial. Do outro lado a interação com uma fronteira individual e uma percepção mais íntima e pessoal da história: imagens internas criadas pela experiência direta de Antonio Arévalo: um hipotético encontro entre o poeta e seu pai, um ex-líder sindicalista chileno, que nunca chegou a se realizar (por culpa dos atos de força brutais contra milhares de pessoas durante o golpe de Pinochet) e o levou a nunca mais vê-lo outra vez. Arévalo, sucessivamente exilado na Itália onde vive até hoje, faz uma reflexão sobre uma estória pessoal que é vítima em se cruzar com a história oficial do seu país. A terceira dimensão do vídeo é dado pelo acumulo destas duas fronteiras: a identidade e a memória de um lado e a comunicação e a falta da informação de outro. Imagens digitais e analógicas, humanas e tecnológicas, aqui e lá, passados e presente, América Latina e Europa, hemisférios Norte e Sul. A criação de um não-lugar, que também é dada pela entrópica construção de um texto composto por 5 línguas faladas quase contemporaneamente, mas também dos suportes e mídias: tecnologias tradicionais e novas, que são isoladas em fotogramas da realidade e são re- elaboradas em um novo contexto, universal, artístico.

PLAY FORWARD > SONHOS E PESADELOS_ uma seleção de vídeos experimentais no 60th festival de Cinema de Locarno realizada por Bruno Di Marino, num evento especial dedicado à junção entre cinema, vide arte e todas as outras novas artes, enfrentando decididamente o futuro, fazem um panorama importante dos melhores trabalhos de experimentação audiovisual contemporânea. Aberta a todos os formatos, durações e tecnologias, esta sessão, criada em colaboração com Harald Szeeman, e em seguida por Francesco Bonami, conta com uma série de trabalhos potentes e ousados, em forma e conteúdo (…) Os pesadelos reais se afloram do passado mais vez numa maneira poética no vídeo “Les terra’s de nadie” de César Meneghetti - artista e cineasta brasileiro de origem italiana que há muitos anos vive e trabalha em Roma - os fantasmas dos Golpes de Estado no Brasil 64 e no Chile 73 se sobrepõe numa complexa re-elaboração de imagens de arquivo e novas de imagens mixadas em 5 línguas diferentes criando uma surpreendende Babel textual e visual.

Creative Commons License
Les Terra's di nadie by César Meneghetti is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
Based on a work at ltdn.blogspot.com.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://cesarmeneghetti.blogspot.com/.